Brasília, 20/05/2014 – O diretor da ARM Sul-Americana, Jabson Magalhães, participou, no domingo (18), da Comissão Diretiva Plenária da Divisão Sul-Americana (DSA), que está sendo realizada entre os dias 16 a 20 de maio, em Brasília.

Em sua fala, Jabson usou uma bola de futebol para fazer uma analogia relacionando a igreja e a gestão de risco. “A bola representa a igreja, que é formada por várias entidades (gomos da bola). Se todas as entidades cuidarem bem de seus riscos, a igreja fica bem protegida”, avaliou.

A ideia da reflexão foi mostrar que se alguém não cuida bem de seus riscos, a bola fica frágil, pois um gomo está comprometendo toda a bola. “Uma vez que a bola fure por falha em algum gomo ou a costura que rasgou, o jogo acaba, todos se frustram. Uma entidade que não faz bem a sua parte, pode gerar problemas para toda a igreja, pessoas também se frustrarão, isso pode custar caro, tanto financeiramente, como de imagem”, destacou.

Jabson convidou os líderes, que se comprometeram a cuidar bem do risco em suas entidades, para que assinassem a bola, que será entregue à administração da DSA como uma demonstração de compromisso dos administradores na gestão de riscos.

Thayanne Braga